Número de mortos por Covid-19 em Portugal sobe para 43

Foram registadas dez novas mortes por Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas.

Foram confirmadas 43 mortes e 633 novos casos de contágio por Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas, elevando para 2995 o número de pessoas infetadas pela doença, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.

Há ainda 13624 casos em avaliação pelas autoridades de saúde e 1591 pessoas aguardam resultado laboratorial para saber se estão, ou não, infetadas.

Até ao momento 22 pessoas conseguiram recuperar, o mesmo número que no anterior balanço.

A DGS indica ainda que 276 doentes estão internados em hospitais, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos. A grande maioria dos doentes contagiados está a recuperar em casa.

No que toca aos óbitos, 20 foram registados no Norte, 12 na região de Lisboa, 10 no Centro e um no Algarve.

A maioria das pessoas que morreram depois de terem contraído Covid-19 tinham mais de 80 anos (13 homens e 12 mulheres), sete homens tinham entre 60 e 69 anos e na faixa etária dos 50 aos 59 anos registam-se quatro mortes, três homens e uma mulher.

O mais recente boletim epidemiológico da DGS revela ainda que pela primeira vez o número de casos confirmados por data de início dos sintomas diminuiu.

O Norte é a região que regista o maior número de casos confirmados (1517), seguida de Lisboa e Vale do Tejo (992), da região Centro (365) do Algarve (62) e do Alentejo (12). Há 17 casos nos Açores e 16 Madeira e ainda 14 casos confirmados no estrangeiro.

Estes são os concelhos mais afetados:

Estes dados demográficos, alerta a Direção-Geral da Saúde só correspondem a 54% dos casos reportados.

A DGS indica também que há 46 casos que resultam da importação do vírus de Espanha, 30 de França, 20 de Itália, 13 da Suíça, 12 do Reino Unido, seis dos Países Baixos, cinco do Brasil, cinco de Andorra, quatro da Áustria, três dos Emirados Árabes Unidos, três da Índia, dois da Alemanha, um da Bélgica, um da Alemanha e Áustria, um do Irão, um do Egito, um da Dinamarca e outro da Argentina.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de