Veterinários oferecem-se para ajudar nos hospitais e explicam o que podem fazer

Ordem também está a fazer levantamento dos ventiladores das clínicas veterinárias que podem ser usados em humanos.

A Ordem dos Médicos Veterinários está a fazer um levantamento dos veterinários que possam ajudar nos hospitais como voluntários se o surto do novo coronavírus em Portugal se continuar a agravar.

O bastonário explica à TSF que a ideia foi apresentada ao Governo numa reunião com a Ministra da Saúde na última sexta-feira.

Jorge Cid explica que parte da formação dos veterinários é comum à dos médicos de humanos e ambas as profissões usam muitas vezes as mesmas técnicas e equipamentos.

"A nossa competência médica permite que possamos ajudar na monitorização de doentes, na ajuda à administração de medicamentos, etc., numa panóplia de áreas em que podemos ajudar como profissionais da área médica e de saúde que somos", detalha.

A Ordem já recebeu a disponibilidade de vários veterinários que estão disponíveis para ajudar e espera ter o levantamento concluído no início da próxima semana.

Em paralelo está ainda a ser feito um outro levantamento dos ventiladores que estão em clínicas veterinárias e que podem também ser usadas em humanos, num equipamento que se sabe que é muito usado nos casos críticos de Covid-19 e que tem feito falta nos países até agora mais afetados pela doença (China e Itália).

Jorge Cid explica que não acontece com todos os equipamentos, mas "há muitos ventiladores, sobretudo os de nova geração, que são exatamente iguais, sãos os mesmos. Nós muitas vezes compramos aos mesmos fornecedores da medicina humana e podem ser usados nas pessoas como são usados nos animais".

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de