Especial Incêndios

Especial TSF Incêndios 2017
Incêndios

Proteção Civil dá incêndio de Monchique como "dominado"

O fogo no Algarve está já em "fase de resolução". A comandante nacional adjunta da Proteção Civil afirmou que há agora apenas 49 pessoas deslocadas, que deverão regressar a casa ainda esta noite.

A Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) informou, esta manhã, que o incêndio de Monchique está em "fase de resolução". O incêndio, que estava ativo em permanência desde as 13h22 de dia 3 de agosto, é dado, pela primeira vez, como "dominado". ​​​​​

"Todo o perímetro do incêndio e as suas reativações estão dominadas​​​​​​", confirmou a Proteção Civil à TSF.

Em comunicação à imprensa, a comandante nacional operacional adjunta da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, deu conta de que "não existe risco significativo de o incêndio sair da área que já afetou". No entanto, a comandante garante que o atual dispositivo de combate ao incêndio vai continuar no terreno, uma vez que as condições meteorológicas são propícias a eventuais reativações do fogo.

Patrícia Gaspar anunciou ainda o aumento do número de feridos registados - são agora 41, um deles em estado grave.

Em sentido inverso, o número de pessoas deslocadas diminuiu para 49, sendo esperado que regressem a casa ainda durante esta sexta-feira.

Pelas 9h45 desta manhã, estavam no terreno a combater as chamas mais de 1300 operacionais, apoiados mais de 440 veículos e quatro meios aéreos.

O incêndio, que deflagrou há uma semana na localidade de Perna da Negra, no concelho de Monchique, no Algarve, alastrou aos municípios vizinhos de Silves e Portimão. O fogo obrigou à retirada de centenas de pessoas em várias localidades.

Este é já o maior fogo da Europa em 2018, até ao momento, e também aquele que regista mais área ardida em todo o continente - 27 mil hectares.

Notícia atualizada às 9h45

  COMENTÁRIOS