TAP cancela voos para Bruxelas devido à greve geral

A TAP já cancelou dois voos, dos três diários que operam entre Lisboa e Bruxelas, para quarta-feira, devido à greve geral na Bélgica. Passageiros podem alterar reservas sem pagarem mais.

Questionada pela Lusa, fonte oficial disse que "devido à greve anunciada, neste momento, a TAP já cancelou dois dos três voos diários Lisboa - Bruxelas de dia 13 de fevereiro".

Segundo fonte da empresa à agência Lusa, a companhia está a dar a possibilidade aos passageiros de alterarem as suas reservas, sem custos adicionais, uma informação que a transportadora está a disponibilizar no seu site, acrescentou.

Na passada sexta-feira, a companhia aérea belga Brussels Airlines já tinha anunciado que iria cancelar todos os voos previstos para quarta-feira.

"A Brussels Airlines suprime o seu programa inteiro de 222 voos. Os itinerários de viagem de mais de 16.000 passageiros estão afetados", indicou a companhia belga, na altura, cuja única base na Bélgica é o aeroporto de Bruxelas.

A filial da alemã Lufthansa tomou esta decisão por "considerar que as operações do aeroporto de Bruxelas serão provavelmente severamente afetadas na sequência de ações de diferentes partes envolvidas no aeroporto".

Uma greve geral convocada por uma frente sindical comum na Bélgica, na sequência do falhanço negocial para um aumento nos salários, deverá paralisar o país na quarta-feira, já que abrange todos os setores de atividade, públicos e privados.

Em causa, na paralisação estão o aumento de salários, dos subsídios e pensões e melhores condições para a reforma.

A última greve geral na Bélgica teve lugar em dezembro de 2014.

LEIA MAIS:

- Greve geral ameaça paralisar Bélgica. Voos afetados já esta terça-feira​​​​​​​

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de