Raquel Vaz Pinto

Liderança, Futebol e Nostalgia

Não é exagero dizer que assistimos a grandes jogos de futebol nos oitavos-de-final do Campeonato Europeu. A emoção, os resultados surpreendentes e a qualidade destes jogos foram uma bela montra do que o futebol deve e pode ser. À cabeça temos a vitória da seleção inglesa que desfez a maldição alemã. A alegria dos jogadores, da equipa técnica e dos adeptos foi bem reveladora do alívio sentido. Afinal, afinal é mesmo possível aos ingleses derrotar a Alemanha em futebol.

Raquel Vaz Pinto

Arábia Saudita, as mulheres e o futebol europeu

A Arábia Saudita acordou tarde para o mundo do futebol, mas acordou. Nos últimos dias, e no seguimento da organização da Supertaça espanhola em 2020, das tentativas falhadas de compra do Newcastle em Inglaterra e de patrocinar Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, ficámos a saber que este país árabe está em «negociações com o Real Madrid para uma parceria de cerca de 150 milhões como patrocinador principal da equipa feminina nos próximos dez anos. O negócio também engloba um acordo para que pelo menos quatro jogadores da equipa masculina passem a ser promotores do projecto Qiddiya, cujo objectivo é transformar-se na capital saudita do desporto e entretenimento.»