"Marcelo fechou a função presidencial numa espécie de presentismo"

"Marcelo fechou a função presidencial numa espécie de presentismo"

Sampaio da Nóvoa foi candidato às eleições presidenciais de 2016, apoiado por uma parte da esquerda. Depois saiu de cena e cumpriu na UNESCO um silêncio (também) diplomático. De volta à visão ativa que mantém da política, não fecha portas a Belém, embora guarde essa questão para outro tempo. Sobre este, o das legislativas, acha impensável que tudo fique na mesma e pede a António Costa a "humildade democrática" de um compromisso alargado, acima dos partidos.

João Tiago Machado: "Votar é seguro"

João Tiago Machado: "Votar é seguro"

A três semanas das legislativas, o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições, João Tiago Machado, está Em Alta Voz, uma entrevista conjunta da TSF e do Diário de Notícias. O responsável pela entidade que fiscaliza o processo eleitoral entende que não é preciso alterar leis, uma vez que o direito de voto se sobrepõe ao dever de isolamento. Diz ainda que é mais seguro votar do que ir ao supermercado ou ao Multibanco, e que a experiência das quatro eleições já realizadas em pandemia dá garantias de que não haverá nenhum surto ou aumento do número de casos por causa da ida às urnas.