Santana Lopes e Paulo Sande sofrem acidente de viação

Presidente do Aliança ficou encarcerado e foi transportado de helicóptero para Coimbra. Ações de campanha do partido estão "obviamente canceladas".

O presidente da Aliança, Pedro Santana Lopes, foi hoje transportado de helicóptero para o Hospital de Coimbra, depois de ter sofrido um acidente de viação na A1, mas "não corre perigo de vida", disse à Lusa fonte da campanha.

De acordo com informações prestadas pelo INEM à TSF, o acidente aconteceu ao km 136 do sentido Norte-Sul da autoestrada 1 (A1), na zona de Pombal, quando seguiam de Coimbra para Lisboa. As autoridades foram informadas da ocorrência de um capotamento com dois feridos do sexo masculino, um deles encarcerado.

A circulação na A1 foi retomada por volta das 19h20, depois de ter estado cortada nos dois sentidos entre os nós de Leiria e Pombal.

Em declarações à TSF, o comandante Paulo Albano, dos Bombeiros Voluntários de Pombal, explicou que Santana Lopes era o motorista da viatura. "Tivemos de utilizar material de desencarceramento para o remover do veículo, em segurança, e imobilizá-lo. Vai ser helitransportado", explicou.

Segundo o comandante, Santana Lopes está "consciente, orientado e refere uma dor torácica".

No carro com Santana Lopes, seguia o cabeça de lista do partidos às Europeias, Paulo Sande. O candidato disse à Lusa que se encontra bem, "apesar do susto", mas que Santana Lopes foi imobilizado com um colar cervical, por se ter queixado de "dores no peito" e ter ligeiros ferimentos na cabeça.

De acordo com Paulo Sande, que também está a ser transportado de ambulância para ser observado no mesmo hospital.

Paulo Sande explicou ainda que regressava com Santana Lopes de uma iniciativa de campanha em Coimbra e que o líder do partido guiava o carro quando se despistaram e a viatura capotou "várias vezes".

Pelas 17h30, Pedro Santana Lopes estava "encarcerado dentro do carro".

O INEM acionou a Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Centro Hospitalar de Coimbra, duas Ambulâncias INEM dos Bombeiros Voluntários de Pombal e Bombeiros Voluntários de Soure e o Helicóptero de Santa Comba Dão. Os meios já estão no local.

As restantes ações de campanha de hoje, bem como as que estavam agendadas para amanhã "estão obviamente canceladas", avançou fonte da candidatura.

"Situação é estável e favorável"

A situação clínica de Pedro Santana Lopes e Paulo Sande, é "estável e favorável", informou o partido em comunicado.

"De acordo com as mais recentes informações disponibilizadas pelo Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, a situação clínica de ambos é estável e favorável", informa a Comissão Executiva da Aliança, acrescentando que "havendo nova informação", relativamente ao estado clínico, a mesma será prestada pelo partido.

A Aliança refere também que a agenda de campanha eleitoral de ambos se encontra suspensa e que irá ser "retomada logo que o quadro clínico o permita".

LER MAIS:

- Santana Lopes e Paulo Sande em situação "estável e favorável"

- "Foi o cansaço." Sande recorda acidente e revela que airbags não dispararam

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de