Detidos dois homens em Lisboa por suspeita de pertencerem ao Daesh

As provas recolhidas indiciam que os dois suspeitos "assumiram distintas posições na estrutura do ISIS / Daesh", mas não deverão ter cometido estes crimes em Portugal.

Foram detidos em Portugal dois cidadãos estrangeiros por suspeita de adesão e apoio a organização terrorista internacional, de terrorismo internacional, e contra a humanidade. A detenção foi realizada pela Unidade Nacional Contraterrorismo da Polícia Judiciária (PJ), após uma investigação em que coadjuvou com o Ministério Público e que contou com a colaboração do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Estiveram ainda envolvidas na investigação autoridades judiciárias iraquianas, que ajudaram a recolher as provas que indiciam os sujeitos.

A PJ revela, em comunicado enviado à TSF, que as detenções e buscas foram realizadas na região de Lisboa. Durante as buscas operaram peritos da Unidade de Perícia Tecnológica Informática (UPTI) da Polícia Judiciária.

De acordo com a PJ, as provas recolhidas indiciam que os dois suspeitos "assumiram distintas posições na estrutura do ISIS / Daesh, sendo os mesmos igualmente objeto de investigação por parte das competentes autoridades judiciárias iraquianas".

Não há sinais de que os crimes desta natureza tenham acontecido em território nacional.

Os arguidos foram detidos, e vão ser presentes à justiça, "para efeito de primeiro interrogatório judicial e consequente aplicação das medidas de coação".

Contactado pela TSF, a Ministério da Defesa não quis comentar as detenções dos alegados membros da organização terrorista.

* Atualizado às 14h12

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de