D. Américo Aguiar: "O problema no joelho do Papa não impede que venha a Lisboa"

"O problema no joelho do Papa não impede que venha a Lisboa"

Poucos dias depois de notícias sobre a carta de renúncia do Papa Francisco terem reacendido dúvidas sobre a sua saúde, D. Américo Aguiar assegura que ele estará em Lisboa em 2023. Já com 300 mil inscritos e a apontar, no cenário em alta, para o "número mágico" de um milhão de participantes, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) espera contribuir para aproximar a Igreja da geração nativa digital. A maior preocupação é a "dona inflação", que pode fazer disparar os custos com refeições. Uma entrevista em tempo de crise, feita na condição de deixar de fora o tema dos abusos sexuais.

O bispo-investigador

O bispo-investigador

Carlos Alberto de Pinho Moreira de Azevedo nasceu em Milheirós de Poiares, no concelho da Feira, a 4 de Setembro de 1953. Desde cedo, seguiu a carreira eclesiástica nos seminários diocesanos do Porto. Foi ordenado padre, na Sé do Porto, em Julho de 1977, por D. António Ferreira Gomes. Seguiu, em Roma, estudos, sobre a história da Igreja Católica, tendo-se doutorado na Universidade Gregoriana, em 1986. Dedicou-se inteiramente à investigação, vindo a publicar, no Círculo de Leitores, sete volumes sobre "O Dicionário e História Religiosa de Portugal", com a participação de 200 especialistas. O bispo-historiador é membro da Academia Portuguesa de História.