O vírus muda e torna-se mais perigoso? Quantas estirpes existem do novo coronavírus

O vírus muda e torna-se mais perigoso? Quantas estirpes existem do novo coronavírus

Começou a circular há poucos meses e já fez parar o mundo. O novo coronavírus conseguiu, em pouco tempo, obrigar governos, cidadãos e investigadores a entrarem numa luta contra o relógio para conter a pandemia da Covid-19. Depois de um estudo ter avançado que existiriam duas estirpes do mesmo vírus, uma mais perigosa do que a outra, a TSF procurou junto do virologista Celso Cunha, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical, a resposta a várias questões: Quantas estirpes do novo coronavírus existem realmente? Há estirpes mais perigosas do que outras? É verdade que o vírus está a mudar?