Mulheres padres: "Será quando Deus quiser"

Mulheres padres: "Será quando Deus quiser"

D. Américo Aguiar, Bispo Auxiliar de Lisboa, está esta semana Em Alta Voz, programa da TSF e do Diário de Notícias. O Bispo admite que a Igreja há muito deveria ter dado mais atenção às denúncias de abusos sexuais, não acredita que o fim do celibato acabe com a crise de vocações, avisa que o Estado nem sempre tem apoiado como devia as instituições da igreja que apoiam os mais desfavorecidos e, sobre a possibilidade de as mulheres virem a ser ordenadas sacerdotes, responde: "Será quando Deus quiser."

Gunter Pauli, o Steve Jobs da Sustentabilidade

"Nunca poderemos esperar que chefes de Estado, reunidos numa sala, sejam capazes de mudar o mundo"

Conhecido como o Steve Jobs da sustentabilidade e o "pai" da economia circular, Gunter Pauli é o economista que desafia as lógicas de mercado e prova, com o seu trabalho em projetos inovadores e sustentáveis por todo o mundo, que a ecologia pode render muitos milhões em investimento e milhares de postos de trabalho. Já viajou por vários países, tendo ficado durante alguns meses a aprender "com a natureza", como defende, na América e na Ásia. O autor de "Blue Economy" aceitou conversar com a TSF, após a comemoração dos 30 anos do Centro de Biotecnologia e Química Fina da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica, no Porto. Na esfera dos ativistas e ambientalistas, o economista de Antuérpia (Bélgica) dispensa apresentações, mas nesta entrevista Gunter Pauli aceita apresentar algumas das suas ideias mais inovadoras.

A eletrificação bipolar da linha do Oeste e o mistério dos comboios que desaparecem

A eletrificação bipolar da linha do Oeste e o mistério dos comboios que desaparecem

Lisboa (Alcântara Terra) > Caldas da Rainha > Coimbra B. Mochila às costas, bilhetes na mão, sentidos apurados, gravador preparado e embarcamos uma semana para uma viagem (inesquecível) de comboio. À janela, observamos o melhor e o pior das linhas de comboio portuguesas. Acertamos agulhas e tentamos perceber qual a "Próxima Estação" para a ferrovia nacional: o que vai evoluir o país com o plano ferroviário para 2030 e o que deixou para trás.

"Onde está a sua cama?" Quando a pergunta que fizeram a Kapuscinski na Índia se aplica a Portugal

"Onde está a sua cama?" Quando a pergunta que fizeram a Kapuscinski na Índia se aplica a Portugal

Elvas > Entroncamento. Mochila às costas, bilhetes na mão, sentidos apurados, gravador preparado e embarcamos uma semana para uma viagem (inesquecível) de comboio. À janela, observamos o melhor e o pior das linhas de comboio portuguesas. Acertamos agulhas e tentamos perceber qual a "Próxima Estação" para a ferrovia nacional: o que vai evoluir o país com o plano ferroviário para 2030 e o que deixou para trás.