Duarte Cordeiro vai ser ministro do Ambiente e da Ação Climática

Além de secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares entre 2019 e 2021, desempenhou as funções de vereador da Câmara de Lisboa a partir de 2013, tendo passado a ser vice-presidente desta autarquia em 2015.

Duarte Cordeiro, até agora secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, vai ser ministro do Ambiente e da Ação Climática no novo Governo chefiado por António Costa, sucedendo nesta pasta a João Pedro Matos Fernandes.

A proposta de nomeação de Duarte Cordeiro consta de uma nota no portal da Presidência da República, divulgada após o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, ter aceitado hoje a lista de ministros do XXIII Governo Constitucional proposta por António Costa.

Duarte Cordeiro, além de secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares entre 2019 e 2021, desempenhou as funções de vereador da Câmara de Lisboa a partir de 2013, tendo passado a ser vice-presidente desta autarquia em 2015.

Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão e pós-graduado em Direção Empresarial pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, Duarte Cordeiro foi diretor da campanha do PS nas últimas eleições legislativas e integrou em quarto lugar a lista de candidatos a deputados pelo círculo de Lisboa.

Líder da Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS, Duarte Cordeiro foi secretário-geral da JS entre 2008 e 2010, e esteve na primeira linha da segunda candidatura presidencial de Manuel Alegre em 2011, exercendo as funções de diretor de campanha

Nas últimas eleições presidenciais, em 2021, Duarte Cordeiro, tal como o dirigente Pedro Nuno Santos, de quem é próximo, apoiou a candidatura da diplomata Ana Gomes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de