O Observatório Judicial da Violência de Género e Doméstica foi criado pelo Conselho Superior da Magistratura

Observatório da Violência Doméstica tem quatro anos, mas impacto prático poderá ser sentido só "daqui a uns anos"

O conselho Superior da Magistratura criou em 2018 o Observatório Judicial da Violência de Género e Doméstica, que pretende auxiliar a formação dos juízes. Quatro anos volvidos, a juíza-secretária Ana Chambel diz que as ações de formação dos magistrados já são muito influenciadas pelas recomendações desse grupo de trabalho. No entanto, admite que só "daqui a uns anos talvez" vai ser possível perceber se as formações "têm algum impacto real e prático".