Filinto Lima

O péssimo, a esperança e o caricato!

A sociedade mundial depara-se com uma numerosa variedade de "vírus" resistentes que, inerente às suas características, propagam-se de forma célere, atingindo diversos setores, atividades e pessoas, causando, inevitavelmente impacto assaz negativo. E se, no passado, a disseminação se circunscrevia à proximidade de regiões, atualmente percorre continentes. Em dezembro de 2019/janeiro de 2020, a Covid-19 atingia os países orientais e, dois meses volvidos, Portugal via-se a braços com a pandemia que obrigava o primeiro-ministro a decretar medidas inéditas e robustas.