Tusk questiona quem terá "coragem de dizer qual é a única solução positiva" para o Brexit

A mensagem de Tusk foi publicada imediatamente após ser conhecido o resultado da votação na Câmara dos Comuns, que rejeitou esta terça-feira à noite de forma expressiva o acordo de saída negociado entre o Governo da primeira-ministra Theresa May e a União Europeia.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, reagiu esta terça-feira à rejeição do acordo de saída do Reino Unido da União Europeia pelo parlamento britânico questionando quem terá a "coragem de dizer qual é a única solução positiva".

"Se um acordo é impossível, e ninguém quer um «não acordo», então quem terá finalmente a coragem de dizer qual é a única solução positiva?", escreveu Tusk na sua conta oficial na rede social Twitter.

A mensagem de Tusk foi publicada imediatamente após ser conhecido o resultado da votação na Câmara dos Comuns, que rejeitou esta terça-feira à noite de forma expressiva o acordo de saída negociado entre o Governo da primeira-ministra Theresa May e a União Europeia (432 votos contra e somente 202 a favor).

Esta é para já a única reação do presidente do Conselho Europeu, que poderá convocar para breve uma cimeira de chefes de Estado e de Governo da União a 27 para discutir os passos a seguir após o "chumbo" desta tarde.

LER MAIS:

- Derrota pesada. Parlamento britânico chumba acordo do Brexit e moção de censura avança

- Quem tem medo de um Hard Brexit? As consequências de uma saída à força

- Mário Centeno: "É evidente que tem de haver um acordo para o Brexit. Seja este ou outro"

- Se o acordo do Brexit for chumbado, May deve tentar "alguma renegociação" com a UE

- Não haver Brexit é mais provável do que uma saída sem acordo. Adiar está fora de questão

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de