Líderes de direita deviam "ter vergonha" de participar na conferência "inútil" do MEL

André Ventura não foi convidado para o encontro do Movimento Europa e Liberdade (MEL). "É um favor que me fazem", diz.

André Ventura diz que os líderes de centro-direita "deviam ter vergonha" em participar na convenção do Movimento Europa e Liberdade (MEL), que realiza esta quinta e sexta-feira em Lisboa.

O antigo vereador da câmara de Loures, que prepara a formação de um novo partido, o "Chega", não foi convidado para a iniciativa.

"A ideia do MEL não é combater políticos, não é combater os partidos, nós não queremos ser um partido, mas também não queremos ser um populismo."

O único objetivo desta conferência é chamar os portugueses a debater, diz Paulo Carmona.

"Qualquer líder de direita e centro-direita devia estar envergonhado de participar num movimento como este (...) é um favor que me fazem não me convidarem."

Na reflexão sobre o centro-direita no país e a crise interna do PSD, o Fórum TSF escutou ainda o politólogo André Azevedo Alves, professor na Universidade Católica.

Com presenças confirmadas de dois líderes partidários, Assunção Cristas e Pedro Santana Lopese a ausência de Rui Rio por opção do próprio, a I Convenção do MEL conta ainda com os oradores convidados estão Luís Montenegro, Pedro Duarte, Miguel Morgado e Miguel Pinto Luz, que têm em comum já se terem manifestado disponíveis para disputar a liderança do PSD.

Fora dos convites ficaram o PCP e o BE, porque o Movimento entende que é "no centro da política, no centro da governação" que se resolvem os problemas que querem colocar no centro do debate.

LER MAIS:

MEL: Movimento que quer "caçar o rato" garante que não é de esquerda nem de direita

MEL que sabe a fel. Quem são, quem vai e quem deu uma nega ao Movimento Europa e Liberdade

Luís Montenegro anuncia candidatura nos próximos dias

"É uma sede violenta de poder que vai destruir o PSD." Ângelo Correia ataca Montenegro

Montenegro ameaça falar "muito em breve" sobre o "estado das coisas" no PSD

Declarações "gravíssimas e descabidas". Montenegro atira-se a Ferreira Leite e ameaça Rio

"Prefiro que o PSD tenha pior resultado nas eleições do que um rótulo de direita"

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de