PSD precisa de "clareza". É melhor do que "mais um ano desta paz podre"

José Eduardo Martins defende que o PSD tem de se recompor. E já.

José Eduardo Martins, antigo dirigente do PSD, diz que os sociais-democratas têm de combater o risco de uma "paz podre".

Se uma clarificação "for rápida, pode não ser penalizadora" para o PSD, considera, em declarações à TSF.

O também comentador do programa da TSF Sem Moderação diz-se curioso em saber o que Luís Montenegro tem para dizer. Ex-líder da bancada do PSD está a preparar tudo para avançar contra Rui Rio . Até ao início da próxima semana, deve falar ao país.

Também Pedro Duarte e Miguel Pinto Luz vão esperar para ver. Os dois nomes mais falados para suceder a Rui Rio não revelam se este é o melhor momento para avançar.

Parcos em palavras, Pedro Duarte, antigo líder da JSD, e Miguel Pinto Luz, antigo líder da distrital de Lisboa do partido, preferem "aguardar" os próximos acontecimentos no partido, sem comentar de forma concreta o que pensam de Luís Montenegro se posicionar para suceder a Rui Rio já em pleno ano eleitoral.

Instado a comentar as declarações de Montenegro à TSF e as recentes notícias sobre o PSD, Miguel Pinto Luz sublinha que sempre assumiu "uma posição construtiva no partido" e não revela se considera o momento escolhido por Luís Montenegro o mais acertado.

O antigo líder dos jotas ​​​​​​​sempre defendeu que o atual líder devia ir a eleições, mas não revela como reagirá caso a comissão política nacional extraordinária aconteça e delibere em sentido de permitir o avanço de Luís Montenegro, recusando contribuir para criar mais ruído nesta altura.

Também Pedro Duarte não diz se seria candidato a líder caso o partido avançasse e para a destituição de Rui Rio antes das legislativas,

Apesar de ter declarado em diversos momentos que o PSD precisa de outra abordagem, mantém-se para já como espectador, à espera de pesar os prós e os contras de uma mudança a curto prazo.

LER MAIS:

MEL: Movimento que quer "caçar o rato" garante que não é de esquerda nem de direita

MEL que sabe a fel. Quem são, quem vai e quem deu uma nega ao Movimento Europa e Liberdade

Luís Montenegro anuncia candidatura nos próximos dias

"É uma sede violenta de poder que vai destruir o PSD." Ângelo Correia ataca Montenegro

Montenegro ameaça falar "muito em breve" sobre o "estado das coisas" no PSD

Declarações "gravíssimas e descabidas". Montenegro atira-se a Ferreira Leite e ameaça Rio

"Prefiro que o PSD tenha pior resultado nas eleições do que um rótulo de direita"

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de