Carvalho da Silva: "Não conhecia a capacidade de aceleração para o precipício de António Costa"

"Não conhecia a capacidade de aceleração para o precipício de António Costa"

Manuel Carvalho da Silva passou a infância a mexer na terra, em Barcelos, onde nasceu. Filho de uma família de pequenos agricultores, haveria a dedicar-se à eletromecânica. Pelo meio foi militante do PCP e deixou uma marca indelével no mundo sindical, gerindo os destinos da CGTP, a maior central sindical do país. Sociólogo, continua ligado ao mundo do trabalho através do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e, sobretudo, do Laboratório Colaborativo para o Trabalho, Emprego e Proteção Social, o Colabor, a que preside.