Direto: Notre-Dame a salvo da destruição total. Aberta investigação ao incêndio

Chamas estão a consumir a nave central da catedral. Bombeiros precisam de mais "três a quatro horas" para dominar o fogo. Um dos bombeiros está gravemente ferido.

Há um incêndio em curso na Catedral de Notre-Dame, em Paris. O pináculo da catedral - com 855 anos de história - já colapsou devido às chamas. A nave central está a ser consumida pelo fogo, mas as torres já estão a salvo.

No local, depois de horas de combate ao incêndio, o presidente francês, Emmanuel Macron assumiu que "o pior foi evitado" e deixou uma certeza: "Tenhamos orgulho. Construímos esta catedral há mais de 800 anos. Construímo-la e, ao longo dos séculos, deixámo-la crescer e evoluir. Por isso, esta noite, digo solenemente: vamos reconstruí-la juntos".

A procuradoria-geral de Paris já ordenou a abertura de um inquérito ao incidente por "destruição involuntária pelo fogo". A investigação foi entregue à Direção Regional da Polícia Judiciária, anunciou o Ministério Público.

O secretário de Estado francês do Interior já adiantou que serão precisas pelo menos mais "três ou quatro horas" para controlar o incêndio mas confirmou que "o fogo diminuiu em intensidade e já podemos pensar que a estrutura da Notre-Dame está salva, especialmente o norte do campanário". No local estão 400 operacionais. Há um bombeiro ferido de forma grave.

Também as torres estão completamente a salvo. Havia a suspeita de que a torre norte poderia estar em risco de colapsar.

"Não temos certeza de poder deter a propagação no campanário norte. Se este colapsar, podem imaginar a extensão dos danos", disse o general Jean-Claude Gallet, comandante da brigada dos bombeiros sapadores de Paris.

Toda a Île de la Cité foi evacuada e, segundo a câmara municipal, os parisienses estão a ser realojados no Halle des Blancs Manteaux, um antigo mercado coberto em Paris, no 4.º Arrondissement.

Fonte dos bombeiros admite que o fogo poderá ter tido origem nas obras que decorrem no monumento, mais precisamente no sótão.

A Polícia de Paris estabeleceu um perímetro de segurança e retirou os turistas que circulavam na zona e no interior da catedral.

A presidente da câmara de Paris, Anne Hidalgo, já lamentou o incêndio, que diz ser "terrível".

Em 2018, a Igreja Católica tinha lançado, em França, uma campanha para salvar a catedral: parte da estrutura estaria já a ruir. O projeto em curso é um investimento na ordem dos seis milhões de euros.

O alerta foi dado por volta das 17h50 (hora de Lisboa).

Vereador da Câmara de Paris descreve cenário

O vereador da Câmara de Paris não descarta a possibilidade de a origem do incêndio estar associada às obras de restauro que estavam a ser feitas no telhado da Catedral de Notre-Dame.

"Sabemos que havia obras de restauro como há com alguma regularidade, embora não seja todos os anos. Essas eram consecuentes. É muito fácil embora nesta hora seja difícil estar a dar qualquer explicação, é fácil imaginar que alguma coisa pode ter acontecido. Pensamos em algo elétrico, algo que em contacto com a madeira ou os materiais", explicou à TSF Hermano Sanches.

O autarca sublinhou que a prioridade das autoridades foi "preservar as pessoas", frisando que na Ile de la Cité, mesmo ao lado da Catedral, está instalado um hospital, uma esquadra e ainda um tribunal.

Pensado na reconstrução, o vereador da autarquia parisiense garantiu ainda que a Catedral "não ficará assim".

Solidariedade de António Costa

O primeiro-ministro português, António Costa, já transmitiu a sua solidariedade ao presidente francês, Emmanuel Macron, e à presidente da câmara de Paris, Anne Hidalgo, lamentando que parte da "história da Europa" desapareça.

Emmanuel Macron cancelou o discurso à nação que estava programado para a noite desta segunda-feira e vai deslocar-se para o local em conjunto com o primeiro-ministro, Édouard Philippe.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, já lamentou incêndio na emblemática catedral, considerando-o "horrível de ver" e que reiterando que "é preciso agir depressa".

LER MAIS:

- "O pior foi evitado." Macron lança a reconstrução de Notre-Dame

- Aberta investigação por "destruição involuntária causada pelo fogo"

- Relíquias de Notre-Dame estão a salvo. Catedral "é espécie de Gioconda da Arquitetura"

- Centenas de pessoas juntam-se e cantam perto de Notre-Dame

- Macron cancela discurso à nação devido ao incêndio em Notre-Dame

- "Notre-Dame de Paris é Notre-Dame de toda a Europa". As reações ao incêndio

- As 16 estátuas que escaparam ao fogo em Notre-Dame por uma semana

- Notre-Dame: o momento em que o pináculo ruiu

- A história dos 855 anos da Catedral de Notre-Dame

- "Local de referência da fé católica em vias de arder." Bispos lamentam incêndio ​​​​​

- Trump sugeriu usar aviões em Notre-Dame. Autoridades explicaram que é má ideia

- Fogo atinge Igreja de São Sulpício em Paris

Continuar a ler